ExpoZebu 2017: Expositores comemoram bons resultados em negócios

15 de maio, 2017 por Thais Cristina Ferreira
foto:
Foto: Maria Gabryella Ribeiro Tomaz da Silva


Sucesso de público com duzentos e vinte mil visitantes, a ExpoZebu também comemora os bons resultados com movimentação financeira. Nesta edição da feira, 100% da área comercial foi ocupada. Representantes de diferentes segmentos, como setores de veículos, vestuário, insumos, máquinas e equipamentos trouxeram seus produtos para o Parque Fernando Costa e não se decepcionaram. Animados, muitos deles já manifestaram o interesse na renovação do contrato para 2018. 

Dentre os estabelecimentos que vieram para o parque está a Fox Fotografias do Sul empresa especializada em fotografias infantis, com sede em Porto Alegre (RS). O estúdio roda o país fotografando crianças de dois a 14 anos de idade em feiras agropecuárias espalhadas pelo Brasil. É o segundo ano que a empresa investe na feira. “No ano passado, consegui vender 100 álbuns. Este ano, vendi mais de 500”, comemorou a vendedora Letícia Barazzutti, que acredita que o retorno dos shows foi um dos responsáveis pelo saldo positivo.

O faturamento também foi positivo no setor de bares e alimentação. No Kiosk do Armazém do Boi tradicional boutique de carne da cidade, a movimentação surpreendeu não só pelo número de pessoas que estiveram presentes no quiosque, mas também pelo horário que os clientes frequentavam o estabelecimento. O sucesso foi tanto que os empresários decidiram continuar no ano todo no parque, “Tivemos uma rotatividade muito grande e uma média de faturamento de R$200 mil", contou o empresário Guilherme Boaventura.

O setor automotivo também saiu satisfeito! No stand da concessionária Ubervel foram vendidas quinze caminhonetes (cada uma avaliada em mais de cem mil reais) e quase cinquenta unidades foram negociadas na revendedora. E esse número ainda pode aumentar já que, segundo o gerente geral Marcelo Jardim, muitos negócios começam na ExpoZebu e são concretizados depois.

Outra comerciante feliz com a movimentação no parque é Adriana Nascimento, que há 26 anos comanda a lanchonete Leandrini localizada no interior do parque. Ela não revela o faturamento, mas afirma que criadores, comerciantes e visitantes estavam felizes. “Coisa que não se via há mais de cinco anos”. Para ela, o fato do gado só ser liberado na segunda feira (08/05) foi muito importante para a feira e para a cidade. No último dia, várias famílias visitaram o parque. “Foi excelente! Uma mudança fenomenal. A tendência é que nos próximos anos seja melhor ainda. Todos nós ganhamos com isso”, elogiou a comerciante.

O faturamento também superou as expectativas da empresa Taura que atua no seguimento de arames de aço. A empresa que surgiu há nove anos possui matriz em São Leopoldo e tem filiais em Santa Catarina, Mato Grosso e Minas Gerais. Pela primeira vez expondo na feira, o sucesso foi tão grande que os gestores planejam abrir uma loja fixa dentro do Parque Fernando Costa. “De 100 % das pessoas que entraram no estande, 85% vieram direcionadas para compra e fechamento de negócio. Nossas expectativas foram totalmente superadas. Parabenizo a Expozebu. Foi fantástico!”, festeja Alexandre Mariano Nogueira, gerente regional.

A expectativa da organização da ExpoZebu é que tenham sido movimentados direta e indiretamente R$150 milhões . “Essa ExpoZebu vai ficar na história porque mostramos nossa força para a economia brasileira. Trabalhamos e, por onde andamos no parque, recebemos retorno positivo”, comemora Arnaldo Manuel de Souza Machado Borges, presidente da ABCZ.

foto: foto: Alysson Oliveira
Armazém do Boi comemora participação na Expozebu